Dom Pedro Casaldáliga

           Toda essa tribo querida da Pastoral da Juventude,

 

Celebrar o Jubileu de 25 anos de caminhada merece todo o respeito e toda a paixão.

 

Não vou dar muitos conselhos para vocês, porque de conselhos que ficam em conselho, está cheia a Igreja e o Mundo. Além do mais, vocês já sabem tudo e estão dispostos/as a caminhar com os olhos e coração abertos.

Eu cito com freqüência o poema de um jovem poeta colombiano. Vale para vocês. "Sólo tres cosas tenía / para su viaje el romero: / los ojos abiertos a la lejanía, / atento el oído y el paso ligero[2].". Fazendo questão de que o Caminho seja ELE. A graça e o compromisso de nossas vidas é sermos seguidores/as de Jesus de Nazaré. "Gritar o Evangelho com a vida". Optando pelos pobres e pela militância popular. Sendo Igreja inculturada, comprometida, "esperançada e esperançadora", como diziam os mártires jesuítas de El Salvador.

         Com 25 anos de caminhada vocês estão espertos/as. Agora se trata de renovar radicalmente o compromisso batismal e a Pastoral da Juventude.

 

Para todos/as, um forte abraço e a paz subversiva do Evangelho.

         Dom Pedro Casaldáliga[3]



[1] Mensagem enviada por Dom Pedro, por ocasião dos 25 anos do Dia Nacional da Juventude, em 29/04/2010

[2] “O romeiro só tinha três coisas para a viagem: os olhos abertos para o horizonte, os ouvidos atentos e o passo ligeiro”

[3] Bispo emérito da Prelazia de São Felix do Araguaia - MT

Comments